A Diretoria da Socine – Sociedade Brasileira de Estudos de Cinema e Audiovisual gostaria de manifestar seu profundo repúdio ao corte de recursos feito pelo Ministério da Educação do governo de Jair Bolsonaro (PL), inviabilizando o pagamento de bolsistas da CAPES no mês de dezembro de 2022.

Com isso, cerca de 100 mil pesquisadores em formação são afetados brutalmente. Mais uma ação de precarização e desrespeito deste governo que repetidas vezes desmobilizou investimentos em áreas de educação e pesquisa.

A Socine se une a outras entidades que também soltaram notas de repúdio e cobram atitude imediata deste Ministério da Educação para reverter a situação.

Nesse sentido, nos unimos aos que conclamam a manifestação da sociedade civil organizada para a exigência da volta das verbas para a Educação e a Ciência!

Os estudantes não podem ficar sem seus pagamentos!

Socine – Sociedade Brasileira de Estudos de Cinema e Audiovisual

NOTA DE REPÚDIO AO CORTE DE BOLSAS DE ESTUDANTES CAPES

Category: Notícias
23 views