24/11 – Terça-feira – 19h

Estética da Aproximação aplicada à minissérie Capitu   

Isabel Alencar de Castro

A proposta se situa entre a televisão e as artes visuais. O objeto deste olhar são duas cenas da minissérie “Capitu” (2008), de Luiz Fernando Carvalho. A metodologia é a Estética da Aproximação, de minha autoria, aplicada como análise de imagens. O objetivo foi investigar as relações entre as imagens em movimento e as artes visuais que se manifestam na estética da minissérie produzida pelo diretor. A reflexão partiu do conceito de “impureza”, segundo Badiou (2002), somado aos conceitos de “presença/ausência” e Stimmung, de Gumbrecht (2014), para, assim, configurar a proposta da Estética da Aproximação. A proposta foi constituída pelo entrelaçamento de cenas audiovisuais e pinturas associadas a elas, em que foi possível inferir uma ação construtiva comum, chamada de simetria de procedimento artístico, que gerou duas subcategorias: na cena “Espelho”, gera o “Espelhamento” e na cena “Satírico”, se refere ao “Travestimento”.

Link da live – https://youtu.be/V8v-cgUNIMs

 

25/11 – Quarta-feira – 19h

A alteridade do fantasma: a espectralidade no cinema de Pedro Costa

Bruno Carboni Gödecke / Julio Bezerra

Partindo da definição de que a alteridade é a condição do que é “outro” em relação a mim, portanto, do que é diferente, contrastante e inapreensível, a presente videoconferência buscará demonstrar como tal questão aparece no cinema de Pedro Costa, mesclada às temáticas fantasmais de seus filmes. Para abordar tais temas, convocaremos para um diálogo as reflexões de Roland Barthes e Jacques Derrida a respeito das possíveis relações espectrais estabelecidas entre observador e as imagens fotográficas e do cinema.

Link da live – https://youtu.be/PKrmCR9GzhY

 

26/11 – Quinta-feira – 19h

Cinema e crise da composição

Hermano Arraes Callou

A ideia de que um filme é um todo composto de partes em relação é uma das noções mais intuitivas da teoria e crítica cinematográfica. A razão pela qual nos acostumamos a encontrar em Griffith a origem mítica do cinema é por ele ter amadurecido uma certa maneira de analisar o todo fílmico em partes e de reconstituí-lo em uma síntese de novo nível, que reconhecemos como a forma cinematográfica de compor. O modelo compositivo do fazer cinematográfico se sustenta a despeito da ausência de consenso de onde a ação compositiva do cineasta se encontra – a montagem e a decupagem foram, certamente, suas figuras mais comuns, mas sabemos como a mise-en-scène também ocupou tal papel -, a ponto de que raramente nos interrogamos dos limites da compreensão analítica-sintética do cinema. Esta palestra pretende discorrer sobre um conjunto de tendências do cinema de vanguarda que recusou o trabalho de composição, cujos modos de fazer procedurais não configuram o que entendemos por formas de compor.

Link da live – https://youtu.be/U06H8e4VGVs

 

27/11 –Sexta-feira – 19h

Existe um Film d art brasileiro?

Sheila Schvarzman

É possível pensar no Brasil em film d’ arte como na Europa? Seriam Inocência, Guaranis, adaptações de romances históricos, peças ou óperas, obras desse gênero que buscava enobrecer o cinema? Fitas de elegia a efemérides nacionais como O Grito do Ipiranga (1917) ou   regionalismos como Um Ranchinho de Palha (1909)   podem ser acomodados nessa designação no Brasil? Não se trata de buscar o cânone, mas como serviu para realizadores afirmarem sua herança cultural e a contribuição que legavam ao país.  Rastros que demarcam diálogos culturais e sociais, tendo o filme por foco de cruzamentos com o que se via nas telas, a literatura, o teatro, a música, os livros escolares, o circo, as revistas ilustradas e as sensibilidades locais. Intermidialidades transnacionais.  Um híbrido das vivências da terra de origem e da imigração: acomodação e rejeição que se mostra, inclusive, pela ausência dos filmes, muitos destruídos pelos imigrantes que raspavam o registro para pagar dívidas com a prata.

Link da live – https://youtu.be/_j_0TguwHfw

Programação da semana (24/11 – 27/11)

Category: Notícias
12 views